Tabela com versões de BIOS e códigos AGESA e SMU laptops Acer equipados com processadores AMD Ryzen

Opções
eGomes
eGomes Member Posts: 3,354 Guru

Saudação a todos,

Graças ao hardware LUXX e também aos desenvolvedores da ferramenta Ryzen SMU Checker estou tentando elaborar uma tabela com as versões de BIOS atualmente disponíveis incluindo as respectivas versões do microcódigo AMD/AGESA/SMU dos laptops Acer equipados com processadores AMD Ryzen. O intuito desta tabela é trazer o máximo de informação possível e ajudar a identificar eventuais problemas de estabilidade e travamentos que por ventura possam estar ocorrendo nestes laptops, tais como: desligamento abrupto do sistema, evento 41 gerado no log de eventos do Windows, tela piscando, etc.

Modelo      BIOS     SMU   CPU Family          Versão do AMD/AGESA
A515-45     1.13    55.76  Renoir / Lucienne   ComboAM4v2 PI 1.1.8.0
A515-45G    1.13    55.76  Renoir / Lucienne   ComboAM4v2 PI 1.1.8.0
A515-47     1.04    55.91  Renoir / Lucienne   ComboAM4v2 PI 1.2.0.6
64.60 Cezanne A715-42G 1.10 55.81 Renoir / Lucienne ComboAM4v2 PI 1.2.0.2
64.44 Cezanne A715-43G 1.02 55.88 Renoir / Lucienne ComboAM4v2 PI 1.2.0.4
64.52 Cezanne AN515-44 1.04 55.55 Renoir / Lucienne ComboAM4v2 PI 1.0.0.0 ou 1.0.0.1 AN515-45 1.10 64.44 Cezanne ComboAM4v2 PI 1.2.0.2

Para quem ainda não sabe, o microcódigo AGESA (AMD Generic Encapsulated Software Architecture) e SMU (System Management Unit) são de suma importância para o correto funcionamento dos processadores AMD Ryzen, sendo responsável pela inicialização, comunicação e monitoramento de sensores dos núcleos da CPU, GPU (onboard), memória cache, controlador de memória, FCH e demais componentes.

Se alguém tiver alguma sugestão, puder e tiver interesse em contribuir, toda a ajuda será muito bem-vinda! 😉🤗

Melhor resposta

  • eGomes
    eGomes Member Posts: 3,354 Guru
    editado abril 16 Responder ✓
    Opções

    O site TechSpot publicou um excelente artigo bem detalhado descrevendo as quatro vulnerabilidades reconhecidas pela AMD, como sendo de alta gravidade. Que afetam os processadores AMD Ryzen, e a versão mínima necessária do microcódigo AGESA para mitigar estes problemas de falha de segurança:

    https://www.techspot.com/news/101890-amd-ryzen-cpus-impacted-all-serious-vulnerabilities.html#commentsOffset

    Vale destacar mais uma vez, que estes patches necessitam ser disponibilizados pelo fabricante da placa-mãe, através de atualização de firmware UEFI / BIOS.⏳️🙄

«13

Respostas